6 de ago de 2015

Desânimo...

.

:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

“Retenhamos a graça,
pela qual sirvamos a Deus
agradavelmente com
reverência e piedade”
(Hebreus 12:28)

O desânimo deixa-te solitário,
mostrando duramente tua fraqueza,
tua pequenez e a tua falta de
confiança na vida que teima em
florescer a cada passo que dás.

Um ser pode trazer consigo:
a bênção de Deus, o sinal na fronte
a brilhar mostrando do que és feito.

O desânimo não pode servir àquele
que busca pelo Seu tesouro.

O desânimo não pode coabitar
com a fé que existe no crescer,
no expandir.

O desânimo é o sinal preciso
de que destes lugar às ilusões,
é o sinal de que calaste o teu coração.

O caminho às vezes pode ser árduo,
mas...
Para cada passo, uma flor.
Para cada flor, um conhecer.
Para cada conhecer,
um pouco mais de Deus,
da Tua essência,
será posto em tuas mãos.

Nestes simples encontros repousa
o motivo para estares aqui, agora.

Desperta Criança de Deus,
a vida é mais...
muito mais do que podes imaginar!

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!
   
-:¦:- E -:¦:-
 
Um Dia Abençoado para todos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!