28 de jan de 2017

Carregar a própria cruz...

.

:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

Conta-se que, certa vez,
um homem inconformado
passou a clamar aos céus:

- Senhor Deus, a cruz que
carrego é muito pesada.
Não estou suportando o peso das
dificuldades e
problemas que venho enfrentando.

Tanto reclamou que um dia,
um anjo do Senhor se
apresentou e lhe disse que
suas queixas tinham
alcançado os céus.

Conduzido a um vasto campo,
cheio de cruzes dos
mais diversos e variados tamanhos,
o anjo lhe
disse que poderia escolher,
dentre todas
elas, a que melhor se lhe ajustasse.

Animado, o homem examinou as cruzes.
Finalmente, depois de muitas examinar,
avaliar,
testar, apanhou aquela que lhe
pareceu ideal.

- Você tem certeza que é esta
mesma a que quer?
Perguntou-lhe o mensageiro.

- Sim. Disse ele. Esta é a que
melhor se ajusta aos
meus ombros. Aquela cujo peso
posso suportar.

Para seu espanto, o amigo lhe
pediu que olhasse
mais atentamente e então,
o homem descobriu que
a cruz que escolhera era exatamente
a sua, aquela
de cujo peso reclamara tanto.

Deus é justo. Infinitamente bom e
misericordioso.
Jamais concede à criatura fardo maior
do que possa suportar.

As nossas queixas simplesmente
demonstram que
não estamos sabendo levar com
dignidade a problemática.

O que nos compete é colocar uma
almofada entre
a cruz e os ombros.

Uma almofada feita de virtudes
cristãs.

Quando nos dispomos a servir,
amar, perdoar, compreender,
o peso das nossas dificuldades
diminuirá tanto que até nos esquecemos
que estamos sobre a terra carregando o
fardo das dificuldades.

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!
  
-:¦:- E -:¦:-

Um Dia Abençoado para todos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!