26 de out de 2013

Nas Mãos (Paulo Roberto Gaefke)

.

:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:--:¦:

A felicidade está sempre ao alcance das nossas mãos,
mas nem sempre enxergamos as POSSIBILIDADES,
e não vemos, ou não queremos ver,
o que deixamos escapar, com nosso mau-humor,
nossa contrariedade, nossa "infantilidade",
esse jeito mimado de acreditar que;
tudo tem que ser do jeito que planejamos,
todos devem agir como sonhamos...

Sofremos por isso.

Por querer acreditar que somos infalíveis,
que somos os mais amados, os mais queridos,
que somos imprescindíveis para o trabalho,
para a vida dessa ou daquela pessoa.

E quando a vida nos mostra a realidade,
quando percebemos que tudo pode caminhar sem nós,
melhor ou pior em alguns casos,
sentimos uma ferida se abrir no peito,
e muitos acabam em depressão profunda.

A felicidade está ao alcance das nossas mãos,
quando entendemos que o mais importante
é o nosso contentamento, a nossa paz.

Só podemos mudar uma única pessoa: nós mesmos,
os outros podemos apenas aconselhar,
mas devemos deixar partir,
e viver cada um a sua própria experiência,

"não nos cabe o direito de viver a
vida de ninguém,
mas cabe-nos a obrigação de viver
bem a nossa própria vida."

A felicidade é um instante mágico,
onde percebemos que podemos rir de nós mesmos,
nos contentarmos com muito pouco,
ter menor quantidade, com mais qualidade,
ter menos e ser muito mais.

A felicidade está ao alcance das nossas mãos,
quando vivemos a nossa vida,
e nos abrimos para amparar o próximo.

Preocupe-se mais com essa pessoa
tão carente que habita em você.

Assim, enchendo-se de amor,
poderá espalhar boas sementes pelo caminho,
caminho da eternidade, rua da felicidade.

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!
   
-:¦:- E -:¦:-
 
Um Dia Abençoado para todos!!